Em Pernambuco, homicídios aumentam em 39% na gestão de Paulo Câmara

0
485

 

Somente nos três primeiros anos de mandato do governador Paulo Câmara, o estado registrou 13.795 assassinatos

 

Foto: JC Imagem

 

Mais Agreste, com JC Online

Pernambuco registrou, oficialmente, 13.795 homicídios nos três primeiros anos do mandato do governador Paulo Câmara, aponta a Secretaria de Defesa Social (SDS). O número representa um aumento de 39% nos assassinatos se comparado com o mesmo período do segundo mandato do ex-governador Eduardo Campos (2011 a 2013). Na ocasião, 9.928 mortes haviam sido registradas.

Segundo a SDS, 2017 marcou o ano mais violento da história do estado, com a ocorrência de 5.427 homicídios, sendo 3.062 registrados em cidades do Agreste e do Sertão, 1.574 na Região Metropolitana e 791 no Recife.

Diante dos elevados números no quadro da violência, o secretário Antônio de Pádua afirma que a segurança pública ganhará reforço em 2018. “Teremos um reforço significativo na Polícia Civil, com novos 140 delegados, 620 gentes e 90 escrivães, assim como na Polícia Científica, que contará com mais 139 peritos criminais, 130 auxiliares de peritos, 73 auxiliares de legistas, 51 peritos papiloscopistas e 40 médicos legistas. No Corpo de Bombeiros, mais 300 homens e mulheres irão concluir o curso de formação este ano”, disse.

Confira abaixo os números da violência:

  • 2011 – 3.507;
  • 2012 – 3.321;
  • 2013 – 3.100;
  • 2015 – 3.889;
  • 2016 – 4.479;
  • 2017 – 5.427.

Fonte: SDS

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui