GRAVATÁ: Moradores da zona rural vão ter internet com baixo custo; órgãos públicos terão acesso gratuito

0
238

 

O programa Internet para Todos vai é uma iniciativa do Governo Federal e visa ampliar o acesso à internet em todo o país

 

Imagem: Divulgação/Governo Federal

 

Mais Agreste, com SECOM

 

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, assinou, na última sexta (16), o termo de adesão ao programa “Internet para Todos”, do Governo Federal. Na ocasião, moradores da zona rural terão um custo bem menor para ter acesso, enquanto nos órgãos públicos o acesso será gratuito. A previsão é que o serviço esteja disponível ainda no primeiro semestre de 2018.

De acordo com o setor de Tecnologia da Informação (TI), a ação visa levar conectividade às localidades, escolas e unidades de saúde brasileiras que ainda não possuam acesso à banda larga. Para tanto, a conexão será disponibilizada por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas, que é parte do esforço do governo brasileiro para ampliar o acesso à internet no país, lançado ao espaço em maio de 2017.

No município do Agreste pernambucano, cinco áreas serão beneficiadas com o programa – os Distritos de Mandacaru e Uruçu Mirim, além dos povoados de Avencas, São Severino e Russinhas.

Internet para Todos no Brasil

Ao todo, 2.766 cidades concluíram o cadastro em todo o país, tornando-se aptas para formalizar a adesão. Com a meta do Ministério da Ciência de instalar 200 antenas por dia, os primeiros municípios começam a ser beneficiados a partir de maio.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui