Em Brasília, prefeito Joaquim Neto visita ministérios e obtém recursos para Gravatá

0
118

 

“Essa foi uma visita que vai resultar em grandes ações para o município”, afirmou Joaquim Neto, que esteve acompanhado do secretário de Meio Ambiente, Aarão Lins de Andrade

 

Secretário de Meio Ambiente, Aarão Lins de Andrade Neto (esquerda), prefeito de Gravatá, Joaquim Neto (centro) e assessor técnico do Ministério da Agricultura, Alexandre Ferreira (direita). Foto: Divulgação/SECOM

 

Mais Agreste, com SECOM

 

Desde a última terça (10), o prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, está em Brasília buscando recursos e melhorias para a cidade do Agreste pernambucano. O gestor está acompanhado pelo secretário de Meio Ambiente, Aarão Lins de Andrade.

Dente as visitas, o chefe do Poder Executivo Municipal esteve no Ministério da Agricultura, ocasião em que tratou,  junto ao assessor técnico Alexandre Ferreira da Silva, sobre a criação da Central de Abastecimento de Gravatá. O projeto vai beneficiar produtores rurais, que terão um espaço organizado e apropriado para comercializar e agregar valores aos produtos.

“Gravatá destaca-se na produção de abacaxi, inhame, goiaba, flores, verduras em geral, e com essa Central de Distribuição, os produtores não precisarão sair do município para comercializar”, explicou Joaquim Neto.

O prefeito também cumpriu agenda no Ministério da Saúde, com o diretor Haroldo Lupion Peletti, para discutir sobre a finalização dos entendimentos entre o município, o Ministério da Saúde, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o Tribunal de Contas da União e o Ministério do Planejamento. O objetivo foi dar outra finalidade ao prédio que foi construído para sediar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), implantando no local um centro de especialidades como cardiologia, urologia, mastologia, fisioterapia, imagens, pediatria, entre outras.

Joaquim ainda visitou a Funasa, onde tratou com a técnica Maagarete sobre o projeto de Educação em Saúde Ambiental, desenvolvido pela Secretaria de Saúde de Gravatá, através da coordenação da Vigilância Ambiental. A iniciativa visa ajudar no controle da dengue, da chikungunya e do zika vírus. O investimento será de aproximadamente 200 mil reais.

Já no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o prefeito participou de uma reunião com um dos representantes do órgão, Rodrigo Pimenta, para tratar da liberação dos recursos das ações do Ministério da Educação para Gravatá. O município vai receber novas escolas, creches, quadras cobertas, ônibus, mobiliário escolar, utensílios para cozinhas e instrumentos para bandas marciais. Os investimentos foram anunciados recentemente pelo ex-ministro Mendonça Filho.

Durante a viagem, o chefe do Poder Executivo Municipal ainda cumpriu agenda nos Ministérios do Turismo e da Cultura, com o intuito de obter recursos para o São João 2018, e também no Ministério das Cidades, para acompanhar o andamento do cartão reforma e das outras etapas do programa Minha Casa, Minha Vida.

“Essa foi uma visita que vai resultar em grandes ações para o município. Estarei sempre buscando melhorias para a nossa cidade e para a nossa gente. Gravatá Vamos em frente!”, afirmou Joaquim Neto, que regressou a Gravatá na noite desta quinta (12).

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui