Cineasta recifense ministra Master Class sobre Roteiro Cinematográfico no 11º Curta Taquary

0
270

 

O encontro destacou os relatos e as experiências vivenciados por Hilton Lacerda durante a realização dos filmes em que participou

 

Foto: Igor da Nóbrega / Mais Agreste

 

Igor da Nóbrega

 

A programação do 11º Festival Internacional de Curta Metragem contou, na manhã desta sexta (20), com um dos momentos mais aguardados do evento em 2018. Na ocasião, o cinegrafista e roteirista recifense Hilton Lacerda ministrou um Master Class sobre Roteiro Cinematográfico, que levou ao conhecimento dos presentes – realizadores, diretores e produtores – relatos e experiências vivenciados por si durante a realização dos filmes em que participou. O evento aconteceu no salão de festas do Grande Hotel Jorge Eduardo.

De acordo com Hilton, o principal objetivo do encontro não foi levar informação unificada, mas um grande conjunto de informações. “Eu acho muito importante você manter a proximidade com o público, aproveitar esses momentos raros para não deixar escapar aquilo que conseguimos enquanto conquista. Não podemos perder a qualidade dos debates, das reflexões estabelecidas em torno da sétima arte” disse.

Dentre os participantes , a cineasta recifense Sylara Silvério, realizadora do clipe Bala Perdida, de Nação Zumbi, inscrito na Mostra Competitiva Diversidade, destaca a referência do palestrante para o cinema pernambucano. “Eu achei massa o encontro porque Hilton trouxe um panorama bem interessante sobre suas influências, como ele se enxergou para fazer o cinema, como ele trouxe a polêmica da palavra ‘corrupção’. Ele nos fez refletir ainda o porquê de estarmos aqui, o porquê dos realizadores de Pernambuco, apesar de estarem num mesmo espaço, agirem de uma maneira diferente entre si. Isso dar uma marcha para fazermos algo diferente, porque não precisa ficar sempre alinhado com alguém ou com a mesma perspectiva de sempre”, explicou.

Hilton afirmou ainda a importância da realização de debates em cidades interioranas. “Quando você sai desses fluxos de maior atenção, os grandes eixos de apresentações, e parte pro Curta Taquary, por exemplo, a gente percebe uma importância talvez um tanto maior, até porque você descobre que essas informações devem circular mais livremente e em todas as regiões do estado. Por outro lado, é muito impressionante e incrível ver as pessoas, tão silenciosas, assistindo aquela maratona de filmes diariamente na praça. Isso tudo faz parte de um esforço feito durante muito tempo”, concluiu.

O Curta Taquary, que acontece entre os dias 16 e 21 de abril, está sendo realizado na cidade de Taquaritinga do Norte, Agreste de Pernambuco.

Sobre Hilton Lacerda

Nascido na cidade do Recife, Hilton Lacerda iniciou a carreira profissional com o roteiro do filme Baile Perfumado (1996), de Paulo Caldas e Lírio Ferreira. Ganhou notoriedade ainda com os roteiros de Amarelo Manga (2002), Baixio das Bestas (2006) e Febre do Rato (2011), todos dirigidos por Cláudio Assis. A trajetória do cineasta pernambucano é marcada também pelos roteiros dos longas Árido Movie (2005), de Lírio Ferreira; A Festa da Menina Morta (2008), de Matheus Nachtergaele; entre outros.

Com o documentário Cartola – Música Para os Olhos (2007), assinou a primeira direção de longa-metragem (roteiro e direção em parceria com Lírio Ferreira). Estreou na direção de longa de ficção com a película Tatuagem (2013). O mais recente trabalho é a versão do roteiro do Big Jato, baseado no livro homônimo do jornalista Xico Sá, junto com Anna Carolina Francisco.

No universo televisivo, foi roteirista e diretor de várias séries com veiculação nacional, entre elas Fim do Mundo, exibida pelo Canal Brasil em 2016. Em 2017, dirigiu alguns episódios e assinou a direção geral das séries Expresso e República da Poesia. Hilton está finalizando a série Lama dos Dias, a qual assina a direção com Helder Aragão e roteiros com Anna Carolina Francisco, Helder Aragão e Dillner Gomes. Além disso, está em fase de produção de próximo longa de ficção, intitulado Fim de Festa.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui