DENÚNCIA: Joaquim Neto solicita abertura de processo administrativo em Hospital de Gravatá

0
561

 

O gestor afirma que a falta de atendimento prestado a uma paciente, ocorrido no último sábado (21), está sendo investigado em conjunto com toda a equipe do hospital

 

 

Imagem: Reprodução/Facebook

Igor da Nóbrega

 

Na manhã desta segunda (23), o prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, afirmou, por meio das redes sociais Facebook e Instagram, que solicitou ao secretário de Saúde, Luiz Tito, a instalação de um processo administrativo para investigar a denúncia feita contra o Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa, na madrugada deste sábado (21). Em vídeo, o gestor afirma que o caso já está sendo apurado em conjunto com toda a equipe do hospital.

“Nós, que fazemos nossa gestão, não apoiamos ação de qualquer servidor que vá de encontro ao interesse da população”, afirmou Joaquim Neto.

Nos últimos dias, o caso ganhou repercussão e dividiu opiniões em parte da população que utiliza a internet e/ou ouve as principais rádios locais.

Sobre o caso

Na madrugada do último sábado (21), um homem denunciou a falta de atendimento no Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa. Feita por meio de dois vídeos, que rapidamente circulou nas redes sociais, a denúncia traz o desespero da própria irmã para receber medicação contra fortes dores renais.

“Oh minha gente. Isso aqui aqui é a saúde pública daqui de Gravatá, é desse jeito, não tem ninguém para atender. Sem ninguém nas salas. É tão provado que nem abrem as portas para a pessoa filmar. Minha irmã tá ali com dor de rins e chorando de dor. A gente tá indo embora agora por causa disso”, afirmou uma das gravações.

Ao final do vídeo, a médica de plantão afirmou ao responsável pela filmagem que ele não tinha autorização para tal.

Mulher sente dores e chora por falta de atendimento

Em outro vídeo, o homem mostra a paciente agonizado próximo à entrada do hospital. “A situação dela tá assim, no chão e chorando por causa de dor, por causa de um hospital desse aqui” afirmou.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui