Prefeitura de Gravatá emite nota de pesar pela morte de Guilherme Uchoa, presidente da Alepe

0
344

 

O parlamentar estava internado na UTI do Real Hospital Português desde o último domingo (1º), com um quadro de pneumonia decorrente de broncoaspiração

 

Foto: Divulgação/Facebook

 

Mais Agreste e SECOM / Gravatá

 

A Prefeitura Municipal de Gravatá e o prefeito Joaquim Neto vem publicamente expressar o sentimento de pesar e prestar condolências à família de Guilherme Uchoa, presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), que faleceu na madrugada desta terça (3), no Real Hospital Português, na área central do Recife.

Guilherme Uchoa estava no sexto mandato parlamentar e presidia a Alepe pela sexta vez consecutiva. Juiz aposentado, o deputado estadual chegou a ocupar o cargo de governador de Pernambuco em virtude de ausência dos titulares. Guilherme deixou dois filhos e seis netos.

O velório teve início às 10h, no Plenário Eduardo Campos, no novo prédio da Alepe, localizado na Rua da União, no Centro do Recife. A solenidade é acompanhada por amigos, parentes e parlamentares, que, há pouco, acompanharam a chegada do caixão à sede do Legislativo Pernambucano.

De acordo com o Governo do Estado, uma missa está marcada para acontecer às 14h. A celebração contará com a presença do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. Em seguida, o corpo será levado até o município de Igarassu, na Região Metropolitana, em carro de bombeiro. O enterro, que prevê honras militares, acontecerá às 16h, no cemitério da cidade.

Internação

Devido a problemas de saúde apresentado em casa, Guilherme Uchôa foi internado, no último domingo (1º), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Real Hospital Português. O parlamentar apresentava o quadro de pneumonia decorrente de broncoaspiração, que leva o paciente a aspirar secreções contidas nas vias aéreas ou de materiais estranhos às vias aéreas.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui