‘Caixinha de Sugestões’ aprimora infraestrutura e serviços do Hospital Municipal de Gravatá

0
72

 

Os pacientes e acompanhantes deixam sugestões e críticas para a melhoria dos serviços do HDPVP

 

Foto: Anderson Souza / SECOM

 

Mais Agreste, com SECOM

 

O Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa (HDPVP) vem passando por um processo de transformação nos últimos meses. Após a implantação da chamada “Caixinha de Sugestões” na recepção, a Secretaria de Saúde de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, está adotando algumas medidas sugeridas por pacientes e acompanhantes, por meio de um feedback, além de melhorar a infraestrutura e os serviços oferecidos no local.

De acordo com a diretora do hospital, Érika Ximenes, a iniciativa visa lançar novas estratégias a partir das reclamações e sugestões apresentadas pela população. Segundo a médica, o HDPVP já investiu em aparelhagem tecnológica, a exemplo da máquina de raio-x digital. “Para tornar o nosso atendimento humanizado, a gente procura acolher nossos pacientes e oferecer um atendimento de qualidade. Por isso, é tão importante ouvir, saber quais são as necessidades e reivindicações, buscando sempre aprimorar nossos serviços,” disse.

Diariamente, cerca de 350 pessoas recebem atendimento de urgência no local, enquanto outras 350 são atendidas nas 22 Unidades de Saúde da Família.

TRIAGEM

Uma das primeiras mudanças foi a implantação do atendimento por triagem. Agora, ao procurar o hospital, o paciente passa por uma avaliação mais detalhada, para que a assistência seja garantida de acordo com a gravidade do caso e do diagnóstico inicial.

LABORATÓRIO

No laboratório, são realizados cerca de 3 mil exames hematológicos, bioquímicos e hormonais por mês. A otimização do tempo na realização dos exames foi possível após a descentralização das coletas, que agora também podem ser realizadas nos postos de saúde.

RAIO-X

Os exames de Raio-X também passaram por grande mudança. Com a inserção da plataforma digital, os resultados saem na hora e de forma mais nítida. Nas próximas semanas, serão instalados computadores nos consultórios médicos, onde receberão os exames e poderão dar um diagnóstico mais preciso e rápido. Diariamente, cerca de 150 exames deste tipo vêm sendo realizados no HDPVP.

BLOCO CIRÚRGICO

Reinaugurado em fevereiro de 2018,  bloco cirúrgico tem proporcionado mais conforto na hora de realizar cirurgias de pequeno e médio porte. Com aparelhos modernos e equipe capacitada, os procedimentos são realizados todas as segundas e terças. Das quartas aos domingos, os pacientes realizam exames pré e pós-operatórios.

PARTO CESÁREO

Elisabeth Rita da Conceição, grávida de 8 meses do 5º filho, está realizando os últimos exames para agendar o parto cesáreo, seguido de laqueadura. A paciente fala sobre a novidade de poder fazer cirurgias desta natureza no hospital municipal. “É uma benção. Tive que sair da cidade onde eu moro para dar a luz aos meus filhos e esse vai nascer em Gravatá, como eu sempre quis. Só tenho que agradecer, primeiramente a Deus, e segundo a Joaquim Neto, por essa oportunidade. Vou ter bebê perto de casa. Minha família vai poder vir me visitar e meu filho vai ser gravataense,” disse.

Apesar de oferecer parto cesáreo, uma das preocupações da gestão é estimular o parto normal, de forma humanizada. De janeiro a setembro de 2018, foram realizados 43 partos normais e 31 cesarianas.

ALIMENTAÇÃO

A melhoria também é percebida no cuidado com a alimentação. “Visitamos diariamente cada paciente internado, para saber como está o seu quadro clínico e montamos o cardápio de acordo com as necessidades dele. A boa alimentação é fundamental para a recuperação, portanto, estamos sempre atentos e inserimos os nutrientes que ele precisa,” destacou a nutricionista do HDPVP, Gleiziele Fernandes.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui