“Hoje eu volto a dar aula, sou professor”, diz Haddad ao voltar para casa

0
1462

 

“Acabou, né, gente?”, disse. “Fui trabalhar”, respondeu ao ser perguntado de onde voltava

 

Haddad e Suplicy após discurso admitindo a derrota. (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

 

UOL

 

O candidato derrotado à Presidência Fernando Haddad (PT) afirmou, nesta segunda (29), que, a partir de hoje, voltará a dar aulas. “Fui ao Insper para buscar material”, disse Haddad ao voltar para casa no fim da manhã. “Hoje eu volto a dar aula, sou professor.”

Haddad demonstrou incômodo ao ver que alguns jornalistas observavam a movimentação em frente a sua residência, na zona sul de São Paulo. Ele entrava em casa, a pé, pouco antes das 11h, quando foi abordado pela reportagem. “Acabou, né, gente?”, disse. “Fui trabalhar”, respondeu ao ser perguntado de onde voltava.

Haddad não tem nenhuma agenda pública nesta segunda.

Antes de mergulhar de cabeça na corrida presidencial, Haddad dava aulas de administração e gestão pública no Insper, instituição privada de ensino superior. Ele tirou 90 dias de licença para se dedicar à campanha.

Haddad também não quis comentar a vitória de Jair Bolsonaro (PSL) e disse que já havia se declarado por meio do Twitter.

“Presidente Jair Bolsonaro. Desejo-lhe sucesso. Nosso país merece o melhor”, escreveu Haddad na rede social nesta segunda. “Escrevo essa mensagem, hoje, de coração leve, com sinceridade, para que ela estimule o melhor de nós. Boa sorte!”, completou.

Na noite de ontem (28), Haddad decidiu não ligar para Bolsonaro para parabenizá-lo pela vitória. De acordo com uma fonte próxima ao petista, ele não fez o contato devido às ofensas pessoais que o pesselista direcionou a ele ao longo da campanha.

Também no Twitter, Haddad recordou trechos de seu discurso feito na noite de domingo (28) após a confirmação de sua derrota. “Eu coloco a minha vida à disposição desse país. Não tenham medo, nós estaremos aqui. Nós estamos juntos. Nós estaremos de mãos dadas com vocês. Nós abraçaremos a causa de vocês. Contem conosco. Coragem, a vida é feita de coragem. Viva o Brasil!”

Haddad deve visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na sede da PF (Polícia Federal) ainda esta semana.

Haddad era candidato a vice de Lula e assumiu a cabeça de chapa quando o ex-presidente teve sua candidatura barrada pela Justiça Eleitoral por se enquadrar na Lei da Ficha Limpa. Condenado em segunda instância na Operação Lava Jato, Lula cumpre pena pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva no caso do triplex do Guarujá. A defesa de Lula nega os crimes a ele imputados.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui