Deputado pernambucano eleito aciona Justiça contra Alexandre Frota por xenofobia

0
2569

O motivo vai ao encontro de uma polêmica envolvendo o ex-ator pornô no Twitter

Foto: Divulgação / Facebook

Mais Agreste

Na manhã desta quinta (27), o deputado federal pernambucano eleito Túlio Gadêlha (PDT) protocolou, junto à Procuradoria da República em Pernambuco, uma ação contra o também deputado eleito Alexandre Frota (PSL-SP). O motivo vai ao encontro de uma polêmica envolvendo o ex-ator pornô no Twitter.

Na ocasião, o pernambucano pede a instalação de uma ação penal pública incondicionada pela resposta dada por Frota, na última terça (25), ao afirmar pejorativamente a um comentário com a frase ‘só podia ser de Pernambuco’. A reação teria sido motivada após um internauta ter dito que, na referida rede social, ‘também tem ator pornô que não paga a pensão do filho’. O deputado havia comentado, inicialmente, que ‘o Twitter é a rede que mais tem professores, estudiosos, cientistas e lacradores culturais’.

“Xenofobia é crime. Agora é com a Justiça, Frota. Protocolei hoje interpelação judicial – pedido de explicações em juízo e representação contra o deputado paulista recém eleito, Alexandre Frota. Esse senhor não tem limites e agora irá aprender com as consequências dos seus atos. #xenofobiaécrime #pernambucopresente #vaiterrespeitosim”, afirmou Túlio Gadêlha por meio do Facebook.

A Procuradoria da República de São Paulo deve abrir, em breve, um prazo para que Alexandre Frota se manifeste.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui