Gravatá é a primeira cidade do estado a oferecer curso de libras para Agentes Comunitários de saúde

0
84

Cerca de 180 agentes serão qualificados durante o ano de 2019

Mais Agreste, com SECOM

Os Agentes Comunitários de Saúde de Gravatá contam agora com uma iniciativa inédita entre as cidades pernambucanas. A partir de agora, o município de Gravatá, localizado no Agreste de Pernambuco, está disponibilizado um curso de libras para os ACS locais. A iniciativa é das Secretarias Municipais de Educação e Saúde.

De acordo com a presidenta da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde, Tatiana Fradique, a iniciativa visa promover a inclusão social e diminuir as barreiras na comunicação entre a categoria e a comunidade surda, no que diz respeito aos atendimentos domiciliares realizados pelos agentes.

“A ideia surgiu com a parceria entre a Associação dos Agentes Comunitários de Saúde e as Secretarias de Saúde e Educação. O nosso objetivo é disponibilizar um atendimento apropriado aos surdos. Nós trabalhamos com inclusão e esse é um passo muito importante para levarmos a saúde a todos os gravataenses,” explicou.

Para tanto, cerca de 180 agentes serão qualificados durante o ano de 2019. Duas turmas estão sendo formadas e a primeira delas, que já conta com 80 alunos, iniciará a capacitação no dia 23 de janeiro. As aulas serão realizadas nas quartas-feiras, das 16h às 17h.

Gravatá já dispunha de um intérprete de libras no Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), que auxilia na comunicação entre os agentes e os pacientes.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui