Prefeitura e TRE firmam parceria para cadastramento de biometria em Gravatá

0
328

O convênio será firmado no dia 27 de fevereiro, durante audiência pública na Câmara de Vereadores

Fotos: Ricardo Labastier / SECOM

Mais Agreste, com SECOM

A Prefeitura de Gravatá tratou, na tarde desta quinta (14), do cadastramento biométrico na cidade do Agreste pernambucano – obrigatório em todo o Brasil. Realizado na 30ª Zona Eleitoral, o encontro reuniu o prefeito Joaquim Neto, o vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), o desembargador Stênio Neiva Coelho

Para agilizar o processo, o Poder Executivo Municipal irá ceder dez funcionários ao TRE. O convênio será firmado no dia 27 de fevereiro, durante audiência pública na Câmara de Vereadores.

“Essa parceria é muito importante porque quem ganha são os cidadãos de Gravatá. Os servidores da Prefeitura serão treinados pela Justiça para estarem aptos para realizar o cadastramento e podermos melhorar o fluxo diário de atendimento no município”, destacou o vice-presidente.

O prefeito aproveitou o momento para realizar o cadastramento biométrico e reforçou a necessidade da ação. “Além do exercício da cidadania, do direito ao voto, é importante que as pessoas não fiquem em falta com a Justiça Eleitoral. São mais de 62 mil pessoas que terão que passar pelo cadastramento em Gravatá, então vamos otimizar o serviço para que todos sejam atendidos com mais conforto e rapidez”, disse.

Para realizar o cadastramento, é necessário que o eleitor solicite agendamento biométrico, através do site do TRE. O prazo vai até março de 2020.

O cidadão que não realizar a atualização do título para o modo biométrico deixará de votar, não pode se candidatar, se for funcionário público ou receber benefícios poderá ter os vencimentos bloqueados, as instituições de crédito oficiais podem impedir o acesso ao crédito, estudantes podem ser impedidos de fazer matrícula no ensino superior e ele não terá (caso possua) o passaporte renovado.

O encontro contou ainda com a presença da promotora Fernanda de Nóbrega, do juiz eleitoral Severiano de Lemos Antunes, do desembargador eleitoral Washington Amorim, da chefe do Cartório Eleitoral, Fátima Amorim, do assessor chefe da vice presidência do TRE-PE, Orson Lemos, da secretária geral da Câmara de Vereadores de Gravatá, Janaine da Luz, e da chefe de gabinete, Edivânia Pires.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui