Em Gravatá, novo aplicativo de transporte gera protesto e prefeito se reúne com taxistas e mototaxistas

0
436

O prefeito Joaquim Neto propôs a realização de uma audiência pública, que acontecerá na próxima segunda (25), a partir das 19h, na Câmara Municipal

Foto: Ricardo Labastier/ SECOM

Mais Agreste, com SECOM

A manhã desta segunda (18) em Gravatá foi marcada por um protesto de taxistas, mototaxistas e motoristas de transportes alternativos contra a adoção de um aplicativo de transporte na cidade do Agreste pernambucano. Diante da insatisfação, o prefeito Joaquim Neto recebeu, no Paço Municipal, representantes das categorias.

Durante o encontro, o prefeito propôs a realização de uma audiência pública, que acontecerá na próxima segunda (25), a partir das 19h, na Câmara de Vereadores, para que o assunto seja debatido ao lado da população. “É preciso que haja um diálogo com o povo, que é o principal interessado no assunto. O momento será de debate entre as categorias de transporte já existentes, os responsáveis pelo aplicativo e com a população, portanto, é importante que todos participem deste momento”, afirmou.

Entenda o caso

Um novo formato de transporte está sendo instalado no município. Nele, o usuário faz o download do aplicativo, cadastra-se e pode solicitar o serviço de transporte ao motorista mais próximo. O aplicativo segue o modelo de outros que já existem em várias cidades do Brasil.

Atualmente, os serviços de transporte em Gravatá são compostos por taxistas, mototaxistas e o transporte alternativo.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui