Andreas Kisser, Victor Biglione, Vasco Faé e Vintage Pepper levam público ao delírio no Gravatá Jazz Festival 2019

0
259

Jazz, blues e Rock’n Roll tomaram conta do pátio de eventos Chucre Mussa Zarzar, neste domingo (3)


No palco, Andreas Kisser (direita), Vasco Faé (centro) e Jackson Júnior (esquerda). Foto: Fernando da Hora / SECOM

Igor da Nóbrega – Mais Agreste

A segunda noite de atrações do Gravatá Jazz Festival 2019 pegou literalmente fogo e levou o público ao delírio. Neste domingo (2), o legítimo Rock’n Roll, o jazz e o blues desembarcaram no pátio de eventos Chucre Mussa Zarzar, no Agreste de Pernambuco, comandados pela banda recifense Vintage Pepper, pelo cantor e multi-instrumentista Vasco Faé e pelos guitarrista Victor Biglione e Andreas Kisser.

A abertura dos trabalhos ficou por conta de Vintage Pepper, que apresentou um repertório contagiante com grandes clássicos do Jazz. Em seguida, foi a vez de Victor Biglione não deixar ninguém parado e mostrar porque Jimmy Hendrix é considerado, para muitos críticos da área, como o maior guitarrista de todos os tempos. O tributo ao músico inglês foi um dos momentos mais aguardados desta quarta edição do festival.

Contudo, a ansiedade maior por parte dos metaleiros, blueseiros e demais presentes apontaria às 22h30min. Na ocasião, Vasco Faé, considerado um dos artistas de blues mais completos e consagrados do Brasil, abriu o último show da noite com muito talento e energia. Para deixar o pátio de eventos ainda mais efervescente, Andreas Kisser, líder de uma das maiores bandas de heavy metal do mundo, o Sepultura, também subiu ao palco e mostrou porque o Gravatá Jazz Festival é o principal evento alternativo ao tradicional carnaval pernambucano. Andreas e Vasco vêm se apresentando em outros eventos de jazz e blues do Brasil.

O brasileiro Andreas Kisser é considerado um dos maiores guitarristas de heavy metal do mundo. (Foto: Fernando da Hora / SECOM)

“Tô muito feliz de tá aqui. Gratidão de ter essa oportunidade de vim para cá, no carnaval. Tocar isso aqui é sensacional, a galera, o público, eles realmente gostam do blues. O clima foi maravilhoso, de música, de arte. A galera curtindo o carnaval e a gente curtindo o blues por aqui. Só tenho a dizer obrigado, acho que é a palavra mais simples e poderosa de todas”, afirmou Andreas Kisser.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui