GRAVATÁ: Profissionais do Núcleo de Atendimento Educacional Especializado (NAEE) participam de formação

0
107

O quarto encontro destacou o desenvolvimento da linguagem infantil e os distúrbios de fala em crianças e adolescentes

Fotos: Ricardo Labastier / SECOM

Mais Agreste, com SECOM

A manhã desta segunda (20) foi marcada pela quarta formação continuada para os profissionais do Núcleo de Atendimento Educacional Especializado (NAEE) que atuam na rede municipal de ensino de Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Realizado no auditório da Secretaria de Meio Ambiente, o encontro teve à frente o Centro de Inclusão de Gravatá (CIG), em parceria com o Núcleo de Apoio Educacional Especializado (NAEE).

Na ocasião, a fonoaudióloga do CIG, Isabele Menezes, ministrou uma palestra sobre o desenvolvimento da linguagem infantil e os distúrbios de fala. “Essa formação foi para capacitar os professores e profissionais do NAEE, para identificarem, de forma adequada, os sintomas de distúrbios de fala em crianças, para que o acompanhamento desses estudantes seja realizado desde cedo,” explicou.

De acordo com o professor do NAEE, Valdemir Lira, que ensina ainda na Escola Intermediária D. Paulo Hipólito de Souza Libório, no distrito de Uruçu-Mirim, a interação entre os profissionais durante os encontros contribui para uma atuação mais completa por parte de todos. “Tiramos nossas dúvidas, interagimos, trocamos experiências e conversamos sobre os assuntos que envolvem a nossa prática com os estudantes com deficiência. É gratificante ver que a cada formação nos tornamos mais encorajados e capacitados, para tornar reais os bons resultados que acontecem em sala de aula,” enfatizou.

A coordenadora do CIG e diretora do NAEE, Simone Rocha, destaca os serviços que o NAEE oferece. “Para trabalhar com crianças com deficiência, é necessário dispor de uma equipe multidisciplinar, que ofereça serviços desde psicologia, psicopedagogia, educação física até a fonoaudiologia, por exemplo. A formação de hoje foi para tornar os profissionais mais seguros nesta área, já que a procura pelos serviços de ‘fono’ é muito grande no município,” afirmou.

Sobre o NAEE

O NAEE é um serviço de educação que identifica, elabora e organiza recursos pedagógicos e de acessibilidade, que buscam diminuir as barreiras enfrentadas por estudantes com deficiência, ou transtornos globais do desenvolvimento para a plena inclusão dos alunos na vida escolar e na sociedade. Os atendimentos acontecem no próprio CIG e em salas de recursos multifuncionais, instaladas nas escolas do município.

Ao todo, a rede municipal dispõe de 11 salas multifuncionais, que no horário do contraturno escolar, oferecem atividades específicas, através de instrumentos e profissionais capacitados.

Confira abaixo as escolas que contam com salas de AEE:

  • Escola Capitão José Primo (Centro);
  • Escola Adalgisa Gonçalves Soares da Silva (Cruzeiro);
  • Monsenhor José Elias de Almeida (CAIC);
  • Escola Irmã Juditih Ferreira Leite (Bairro Novo);
  • Cônego Eugênio V ilanova (Cohab II);
  • Paulo bezerra (Rotary);
  • José Batista de Melo (distrito de Avencas);
  • Francisco Galdino Chaves (distrito Russinhas);
  • João Paulo I (distrito de Mandacaru);
  • Dom Paulo de Souza de Bório (distrito Uruçu-Mirim); e
  • ODIP (Fazenda Sampaio).

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui