Representantes de haras de Gravatá conquistam 10 títulos na 38ª Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador

0
537

A 38ª edição aconteceu em Belo Horizonte, entre os dias 16 e 27 de julho

Mais Agreste, com SECOM

Conforme o esperado, o município de Gravatá, localizado no Agreste de Pernambuco, foi novamente destaque na Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador. Os representantes gravataenses trouxeram 10 títulos para casa, em diferentes categorias da competição. A 38ª edição do evento aconteceu em Belo Horizonte, entre os dias 16 e 27 de julho.

Um dos destaques foi a égua Caprichosa GLJ, da criação do Haras GLJ, que recebeu o título de Campeã das Campeãs na categoria Nacional de Marcha Picada. Já o Cavalo Astro da Garoa, do Haras Iluminata, foi o vencedor da categoria Nacional Cavalo Maior de Marcha Picada.

“Gravatá tem uma importância significativa na criação de cavalos a nível estadual e regional, se destacando pela quantidade de criadores e, também, pela busca da excelência no cuidado a esses animais. O clima aqui é propício para a equinocultura, o que faz com que os nossos cavalos se tornem destaque nas exposições que participam,” explicou o secretário Executivo de Meio Ambiente, Dr. Luís.

Ao todo, os animais gravataenses vencedores conquistaram os títulos nas categorias Marcha Nacional Égua Júnior Maior de Marcha Picada, pelo Haras Vila Reale; Campeão de Marcha, pelo Haras iluminata; Campeão de Categoria Nacional Cavalo Maior de Marcha Picada, pelo Haras Apipucos; Categoria Nacional Cavalo Jovem Maior de Marcha Picada, pelo Haras Caluli; Marcha Nacional Égua Adulta de Marcha Picada, pelo Haras Arena; Marcha Nacional Égua Graduada de Marcha Picada, pelo Haras Belmonte; Campeã Nacional Égua Adulta Maior de Marcha Picada, pelo Haras Apipucos; Marcha Nacional Égua Sênior de Marcha Picada, pelo Haras Caluli; e Marcha Picada na Categoria Castrados, pelo Haras da Roça.

Sobre a Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador

Realizada anualmente, a exposição reúne os melhores equinos dos mais importantes haras brasileiros, para competirem entre si. Foram cerca de mil e quinhentos animais selecionados, sendo Gravatá representado por 14 haras. O encontro é uma realização da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), sendo ainda a maior exposição de equinos da América Latina e o maior evento privado de Belo Horizonte.

Para mais informações, acesse o link http://www.abccmm.org.br/quemsomos

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui