Abertura do projeto Educação Contra a Corrupção recebe cerca 600 estudantes de Gravatá

0
129

A solenidade aconteceu no prédio da Obra de Defesa à Infância Pobre (ODIP), nesta segunda (16)

Mais Agreste, com SECOM

Cerca de 600 estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental de ensino de Gravatá, no Agreste do estado, participaram da abertura do Projeto Educação Contra a Corrupção. A solenidade aconteceu nesta segunda (16), no prédio da Obra de Defesa à Infância Pobre (ODIP).

“Esse programa tem o objetivo de levar a discussão sobre a corrupção para os espaços escolares, mostrando que a ética é o caminho correto para mudar a sociedade. As crianças estão em um processo de formação, então, o melhor lugar de iniciar a conscientização é a escola”, explicou o promotor de justiça e coordenador do Centro de Apoio às Promotorias de Educação do MPPE, Sérgio Souto.

O prefeito Joaquim Neto, o responsável pela abertura oficial, falou sobre a trajetória entre a atual gestão municipal e o Ministério Público. “Este já é o terceiro convênio que assinamos com o MPPE. O município faz sua parte na mobilização e o ministério traz os temas que são de extrema importância. Todas as crianças já ouviram falar do tema corrupção e estamos aqui para mostrar onde ela surge e como combatê-la”, disse.

Além do prefeito, estiveram presentes ainda outras autoridades do município, como o vice-prefeito, Danilo Melo; o vereador Val do Ônibus; as secretárias de Educação, Íris Dias; de Assistência Social e Juventude, Ana Lourdes; da Mulher, Taciana Medeiros; o secretário de Planejamento e Orçamento, Joeides Pereira; além da promotora de justiça, Fernanda da Nóbrega.

A iniciativa contou com a atuação de animadores, que conscientizaram as crianças sobre a temática de forma lúdica, através da encenação de situações de corrupção.

O projeto é uma iniciativa do MPPE, em parceria com a Prefeitura de Gravtaá

Para mais sobre o Projeto Educação Contra a Corrupção, acesse o link https://bit.ly/2klu3Xf.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui