GRAVATÁ: Secretarias de Assistência Social e Educação formam terceira turma de Libras

0
90

A capacitação é destinada aos familiares, amigos e profissionais da educação municipal que convivem com pessoas surdas

Fotos: Bruno Oliveira / SECOM

Mais Agreste, com SECOM

As Secretarias de Assistência Social e Educação de Gravatá, no Agreste do estado, realizaram, na noite desta quarta (2), a entrega dos diplomas da terceira turma do curso básico de Libras. A capacitação contemplou familiares, amigos e profissionais da educação municipal que convivem com pessoas surdas.

e Educação de Gravatá, no Agreste do estado, realizaram, na noite desta quarta (2), a entrega dos diplomas da terceira turma do curso básico de Libras. A capacitação contemplou familiares, amigos e profissionais da educação municipal que convivem com pessoas surdas.

“A rotina da minha casa mudou após esse curso de Libras. Toda a família se mobilizou para aprender junto com o Matheus e, agora, conseguimos ter uma comunicação melhor. Isso tem nos aproximado bastante e ele tem entendido que estamos juntos com ele”, disse Josimere das Neves, mãe de Maria Camille, 11 anos, e Matheus das Neves, 20 anos, que possuem perda auditiva neurossensorial.

Com carga horária de 100 horas, o curso teve a início em março deste ano, apresentando os conceitos básicos da Língua Brasileira de Sinais (Libras). A secretária de Educação, Iris Dias, anuncia que a turma seguirá em aprendizado com o nível intermediário, a partir do próximo sábado (5). “É um dever nosso estar pronto para atender a todos e haver comunicação. Esse curso será um diferencial no currículo dos novos professores que se especializaram e, principalmente, proporcionar uma comunicação entre a comunidade surda e os ouvintes. Ficamos muito felizes em ver o interesse das pessoas e iremos continuar com as capacitações”, afirmou.

Emocionado ao ver seus alunos se comunicando em Libas, o professor José Roberto de Lima destacou a importância da capacitação. “Eu ministro cursos em várias cidades e preciso parabenizar a Prefeitura de Gravatá pela iniciativa. Nunca vi uma gestão municipal que se preocupe tanto com a inclusão social e que oferte, gratuitamente, a oportunidade de aprender libras, para que os ouvintes possam se capacitar para se comunicar com quem não pode ouvir. Dar voz a essa comunidade é um ato de amor”, destacou.

O vice-prefeito, Danilo Melo, frisa o compromisso da gestão municipal em promover iniciativas como esta. “Ações que promovem a inclusão, que mudam o contexto social, valem muito mais que qualquer outra coisa. São vidas que são transformadas, é dar acesso e oportunidade para que todos possam se comunicar. Fico muito feliz em ver tantos gravataenses procurando essa capacitação e aprendendo Libras”, encerrou.

Curso de Libras capacita mais de 150 pessoas

De 2017 até agora, mais de 150 pessoas já concluíram o curso básico. Os interessados em participar das novas turmas, devem realizar a inscrição no Centro de Inclusão Gravatá, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui