Palácio ficou perplexo com frase ‘terrível’ de Guedes sobre domésticas

0
231

A frase foi considerada “terrível”, segundo um interlocutor do presidente Jair Bolsonaro

Foto: Pedro Lareira / FolhaPress

Folha UOL

A declaração do ministro Paulo Guedes, da Economia, sobre as viagens de empregadas domésticas à Disneylândia, que ele definiu como “festa”, surpreendeu auxiliares do presidente Jair Bolsonaro, que custaram a acreditar que ele tinha feito a afirmação.

A frase foi considerada “terrível”, segundo um interlocutor do presidente Jair Bolsonaro. A coluna apurou que assessores discutiram como o Palácio do Planalto poderá reagir, caso seja provocado por jornalistas.

Algumas lideranças do Congresso Nacional foram procuradas por integrantes do governo, que pediam que elas não reverberassem a afirmação nem fizessem críticas contundentes a Guedes.

Nesta quarta (12), o ministro afirmou em um seminário que a alta do dólar, que chegou a R$ 4,35, é boa para o país.

“Vou exportar menos, em função de importações, turismo, todo mundo indo pra Disneylândia… Empregada doméstica indo pra Disneylândia, uma festa danada. Peraí”, disse Guedes.

A frase imediatamente ganhou as manchetes de alguns dos principais sites noticiosos do país e repercutiu nas redes sociais.

Na manhã desta quinta (13), o presidente Jair Bolsonaro foi questionado sobre a frase de Guedes por jornalistas. Evitou comentar, dizendo que respondia somente pelos próprios atos.

É a segunda vez, no mês, que o ministro comete gafes. Há alguns dias, ele chamou os funcionários públicos de parasitas. Com a reação negativa e generalizada, pediu desculpas.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui