SENAI-PE e FCA realizam manutenção de respiradores pulmonares para ajudar vítimas do coronavírus

0
99

As duas instituições já receberam 134 ventiladores pulmonares para conserto. Cada respirador deverá atender até 10 pessoas durante a pandemia da Covid-19

Foto: FCA / Divulgação

Mais Agreste, com Sistema Fiepe

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial em Pernambuco (SENAI-PE) e a Fiat Chrysler Automóveis (FCA) vêm realizando a manutenção de respiradores pulmonares. Agora, o serviço está sendo realizado no Polo Jeep, em Goiana, na Zona da Mata Norte do estado, pela equipe técnica das duas instituições.

A mudança de endereço contribuirá para aumentar a capacidade de atendimento, garantir troca de conhecimentos e agilizar a aquisição das peças necessárias para o conserto dos aparelhos.

“Com a unificação das equipes, vamos conseguir reduzir gargalos na manutenção e calibração das máquinas, ganhando mais eficiência”, destaca o gerente de Montagem da Jeep e responsável pela ação, Mateus Marchioro.

Além de Pernambuco, a FCA também está recebendo equipamentos provenientes dos estados de Alagoas e Paraíba. Até agora, 21 respiradores já foram devolvidos e outros 101 estão em manutenção.

Desde o mês de abril, as duas instituições estão trabalhando no conserto dos equipamentos, através da Iniciativa + Manutenção de Respiradores, idealizada pelo SENAI Nacional e Governo Federal. O projeto conta com mais de 30 pontos de apoio em todo o país, entre unidades do SENAI e indústrias. Juntas, as duas instituições já receberam 134 ventiladores pulmonares para conserto. Deste total, o SENAI-PE finalizou e devolveu 12 aparelhos à Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE), prontos para serem utilizados.

Para tanto, ps profissionais do SENAI-PE se revezarão para trabalhar no local. “Essa troca entre os profissionais irá agregar bastante para essa ação. Também teremos mais possibilidades de realização de testes, com mais recursos, e aumentaremos a viabilidade de aquisição de peças. Nosso maior objetivo é dar mais eficiência para esse trabalho”, explica o gerente de Consultoria do SENAI-PE e coordenador da ação em Pernambuco, Oziel Alves.

Segundo estimativas da SES-PE, cada respirador deverá atender até 10 pessoas durante a pandemia da Covid-19.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui