Menino de 9 anos mata irmã mais nova com cinco tiros de arma artesanal

0
261

Responsável pela arma, avô das crianças pode responder por omissão da guarda e posse ilegal de arma de fogo

Imagem: Divulgação / PM

Mais Agreste

A cidade de Mariluz, no noroeste do Paraná, vivenciou uma tragédia na tarde deste sábado (23). Um menino de 9 anos acabou matando a própria irmã mais nova, 7, após atirar cinco vezes com uma arma artesanal que estava na chácara do avô. Ninguém foi preso.

De acordo com informações da Polícia Civil, as crianças brincavam no momento do crime. Atingida nos braços, coluna e cabeça, a vítima ainda foi socorrida para um hospital próximo, mas não resistiu aos ferimentos.

O avô dos menores e responsável pela arma pode responder por omissão da guarda, além de posse ilegal de arma de fogo.

O avô e outras testemunhas devem prestar esclarecimentos na delegacia local, nesta segunda (25).

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui