Em Gravatá, construção civil é retomada com protocolos de higiene e proteção

0
156

Assinado pelo prefeito Joaquim Neto, o Decreto 45/2020 exige o número máximo de até dez profissionais por obra

Foto: SECOM

Mais Agreste, com SECOM

A Secretaria de Obras e Infraestrutura de Gravatá anunciou, nesta segunda (25), a ‘liberação controlada’ de atividades relacionadas à construção civil do município do Agreste pernambucano. A medida vai ao encontro Decreto 45/2020, que exige o número máximo de até dez profissionais por obra.

Para tanto, empresas e profissionais deverão aderir a protocolos de higiene e proteção à saúde, através do uso de materiais de proteção. As atividdes devem ser realizadas ainda em locais abertos e ventilados.

As exigências visam minimizar o contágio pelo coronavírus.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui