Lives corporativas ajudam agenda de artistas com cachê igual ao de show normal

0
150

As ‘lives corporativas’ já beneficiaram artistas como César Menotti e Fabiano, Alexandre Pires, Leo Chaves e Simone e Simaria

Primeira live de Simone & Simaria, transmitida em abril. (Foto: Reprodução / YouTube)

Mais Agreste, com G1

Uma das grandes novidades do isolamento social são as lives realizadas por artistas brasileiros de diversos gêneros musicais. Mais do que isso, as transmissões ao vivo tem gerado uma ótima renda para os músicos, através de ‘shows fechados’ pagos por empresas. O cachê é igual ao pago por um show ao vivo.

Apesar de estarem em fase de experimentação, as chamadas ‘lives corporativas’ já beneficiaram artistas como César Menotti e Fabiano, Alexandre Pires, Leo Chaves e Simone e Simaria. O mercado corporativo já era utilizado pelos referidos cantores e duplas, através de shows em empresas ou eventos particulares voltados apenas para os funcionários. Agora, as apresentações também são virtuais.

“Uma live bem feita igual está se fazendo, é quase como fazer um DVD. Demanda um custo alto, uma tecnologia. Pra fazer uma live não é com uma internet como a que usamos em casa. Precisa de link dedicado, precisa de uma coisa muito avançada”, explica o irmão da dupla César Menotti e Fabiano, o empresário Fábio Lacerda.

Já para o empresário do cantor Alexandre Pires, Aldo Braghetto, é justo que o cachê seja o mesmo de um show convencional. “Porque o trabalho é o mesmo e a gente tem que colocar vários equipamentos. Os técnicos são os mesmos, o tempo de show é o mesmo e a gente destina um dia para cada apresentação”, afirmou

Apesar de não existir custos de logística, como passagens aéreas, hospedagens e locações de veículos, por exemplo, Aldo Braghetto menciona outras despesas – equipe de filmagem, satélite para transmissão e sonorização.

Fábio Lacerda explica ainda que as ‘lives fechadas’ também são destinadas a festas e casamentos. Por outro lado, empresas de alimentos, consideradas grandes empreendimentos, são uma das que mais tem procurado o mercado corporativo.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui