Pernambuco é o segundo estado do Nordeste com mais desempregados no mês de maio

0
154

As perdas dos postos de trabalho com carteira assinada são reflexo do isolamento social provocado pela pandemia da COVID-19

Foto: Marcello Casal / Agência Brasil

Mais Agreste

Pernambuco registrou o segundo maior número de demissões em nível de Nordeste no mês de maio, segundo dados recentes divulgados pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged). O motivo é a pandemia do novo coronavírus, que tem promovido o isolamento social.

Segundo o Novo Caged, 23.839 pessoas perderam os empregos em Pernambuco, ficando atrás apenas da Bahia, com 24.965 demissões. O Ceará, por sua vez, perdeu 9.476 postos de trabalho.

No país, verificou-se 703.921 admissões e 1.035.822 desligamentos, uma retração de 331.901 no saldo de empregos com carteira assinada no Brasil.

Em contrapartida, 16.887 pessoas foram empregadas em Pernambuco no mesmo mês.

De acordo ainda com o Novo Caged, todas as regiões do país apresentaram saldo negativo. O Nordeste ficou apenas atrás do Sul e Sudeste, com perda de 50.272 postos de trabalho (-0,82%).

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui